Fizemos uma pesquisa inédita sobre o comportamento do brasileiro nas redes sociais quando o assunto é superstições de Réveillon. Pesquisamos mais de 200 mil menções postadas por usuários de todo o país nos últimos três anos (2012, 2013 e 2014). A seguir, categorizamos todos os dados para depois cruzá-los e, assim, extrair possíveis insights e ver tendências de ano novo que estão surgindo.

Mais do que sorte, te desejamos conteúdo!